Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O espaço das pequenas coisas

O espaço das pequenas coisas

29
Jul20

O futuro é agora

o futuro é hoje.jpeg

Nos últimos anos há cada vez mais descobertas de escavações arqueológicas, não só do tempos dos romanos como até muito anteriores. Lembro-me de ser adolescente e ir a Vila Nova de Foz Côa visitar o Museu. Lembro-me claramente de ficar fascinada com as gravuras, imaginar como viveriam as pessoas naquele tempo, como seria o seu dia-a-dia, quais seriam as suas questões interiores.

 
 
Avançamos até 2020. Desde Fevereiro, no meu círculo de família e amigos nasceram 5 bebés, dos quais ainda só vi um. Segunda a Teoria da Vinculação (Ainsworth,1973; Bowbly, 1969), o ser humano é um ser gregário, i.e., necessita de um Outro para sobreviver - a Mãe. A relação mãe-bebé é essencial para o desenvolvimento físico e psíquico do bebé e estabelece-se desde o útero, estendendo-se depois estas relações aos pais, irmãos, primos, avós, amigos, e por aí fora. 
 
Quais serão as implicações de estarmos confinados? Uma maior aproximação mãe-bebé? Talvez, ainda que com as redes sociais sabemos que corremos o risco de não acontecer. Por outro lado, as máscaras cobrem 2/3 da nossa cara, como poderá o bebé ler a nossa expressão facial?
 
 
São as infinitas possibilidades, cabe-nos reimaginar novas formas de comunicar, de ensinar, de formar vínculos. Afinal, é uma questão de evolução.

Pág. 1/3

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub