Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O espaço das pequenas coisas

O espaço das pequenas coisas

15
Nov20

Buraco negro ou a Internet

buraco negro.png

Imagem: Event Horizon Telescope

 

Na extensa pesquisa para a minha crónica mais recente (“Kit de Sobrevivência - Kamala Harris”), confesso que entrei num buraco negro, lendo e assistindo a horas e horas de entrevistas. Comecei no bom caminho, com a generalidade da vida da nova Vice-Presidente, até ao som de Mary J. Blige, a sua intérprete favorita.

 

Depois, achei curioso o casamento aos 49 anos e comecei a minha investigação sobre Doug Emhoff, encontrando uma entrevista entre Doug e Chasten Buttigieg, marido de Pete Buttigieg, candidato democrata à presidência que abandonou a corrida presidencial e apoiou Joe Biden.

 

Foi aqui que começou a minha espiral em direção ao buraco negro que é a internet. Sim, descobri imensas coisas fascinantes sobre Doug Emhoff, a maneira carinhosa como apoia Kamala Harris. Melhor ainda, fui completamente sugada para o carisma de Pete Buttigieg, o candidato democrata mais novo à corrida presidencial, casado com um professor inspirador, que parece realmente gostar de ensinar.

 

Em grande medida, já conhecia a história de Jill Biden de mais uma excursão ao buraco negro na altura da saída de Barack Obama da Presidência dos EUA. Desta vez, resolvi revisitar a sua biografia com maior atenção. O que mais me impressionou em Dra. B (como gosta de ser tratada pelos seus alunos) foi a sua capacidade de se reinventar. Depois de um casamento breve, quando ainda estava a passar por um divórcio complicado, conhece Joe Biden num blind date (tal como Kamala Harris e Doug Emhoff).

 

Consta que Joe Biden pediu Jill em casamento cinco vezes antes do “sim”, a explicação? Jill queria assegurar-se de que seria capaz de cuidar dos filhos de Biden como uma mãe, criar uma família, ser um porto de abrigo. E assim, a 17 de Junho de 1977 Jill e Joe casaram na Capela das Nações Unidas por um Padre Católico, apesar de Jill nunca ter declarado a sua fé. Durante o seu papel de Segunda-Dama, Jill Biden continuou a ensinar em universidades comunitárias, conciliando com a sua mais famosa iniciativa “Joining Forces”, um programa de apoio às famílias de militares norte-americanos.

 

Numa entrevista, as netas falam de um lado pouco ortodoxo de Jill: as partidas. Aparentemente, a nova Primeira-Dama gosta de uma boa gargalhada, tendo mesmo pregado uma partida ao seu staff escondendo-se na cabine do avião. Além disso, a mulher de Joe Biden corre cinco milhas cinco dias da semana (cerca de oito quilómetros).

 

Nesta minha divagação pela internet também encontrei muitas audiências da Congressista Alexandria Ocasio-Cortez. A que mais me perturbou foi a famosa audiência com Mark Zuckerberg na qual o interroga sobre a (não) verificação de factos do Facebook e o uso não consentido da imagem para reconhecimento facial. Durante o inquérito AOC, coloca vários cenários hipotéticos até que chegam à conclusão que o Facebook não assume a responsabilidade pelo que é publicado na rede social, não verifica os factos, nem retira mentiras.

 

Há um ano e meio, a 10 de Abril de 2019, foi revelada a primeira imagem de um buraco negro. Embora pareça apenas um anel desfocado, é de grande importância, porque a sua enorme capacidade de sugar tudo o que está à sua volta é indiscutível. Assim é a internet, um enorme buraco negro, que nos leva a descobrir coisas maravilhosas e terríveis.

2 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub