Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O espaço das pequenas coisas

O espaço das pequenas coisas

17
Fev21

Kit de Sobrevivência XX - Francis Bacon

KS XX Francis Bacon.png

Esta semana conversava com uma amiga muito querida que me perguntou o que faço para o meu desenvolvimento e crescimento.


Expliquei-lhe que o desenvolvimento pessoal provém da consistência do que fazemos, ou seja, de um conjunto de hábitos, melhor dizendo, de uma rotina.


Para mim, disse-lhe, é muito importante dormir entre 8h e 8h30 porque demoro muito tempo a adormecer e às vezes acordo durante a noite. Apesar de não ser uma opinião jovem e popular, os estudos mais recentes têm demonstrado que dormir menos do que 7h agiliza o envelhecimento e aumenta a probabilidade de desenvolver doenças como diabetes e cancro.


Mal acordo verifico se o meu Príncipe está a dormir. Quase sempre ele abraça-me e este gesto de manhã é uma parte fundamental do meu dia porque evoca sentimentos de amor e pertença. Apesar de não falarmos muito, tomamos o pequeno-almoço juntos, comentando alguma notícia do dia ou algum evento da nossa família.


Depois, é tempo de me arranjar. Para mim, é fundamental tomar duche de manhã, vestir-me e fazer a minha rotina de pele. Desde o covid nunca uso muita maquilhagem, só o suficiente para me sentir “acordada”. Faço a cama e arrumo as canecas do chá da noite e começo o meu dia.


A parte essencial da minha rotina, disse à minha amiga, é à noite, quando escrevo 3 coisas boas, pequenas ou grandes, que aconteceram nesse dia. Geralmente são pequenas coisas como o risotto de cogumelos do almoço ou a almofada ainda estar fresca de manhã ou ter encontrado um cabo dos headphones que pensava estar perdido.


Ao fim de anos a escrever um “diário da gratidão”, é fácil encontrar coisas boas, torna-se natural encontrar o sentido de humor nas situações mais difíceis.


O último hábito que recomendei à minha querida amiga foi começar a meditar. A meditação altera a nossa estrutura cerebral, tornando-nos pró-activos em vez de reativos às situações do dia-a-dia, aprendemos a gerir melhor as emoções e a controlar a ruminação de pensamentos.


Espero ter ajudado! - disse à minha amiga. Mas mal desliguei a chamada, percebi que, na verdade, ela é que me ajudou a perceber que, afinal, ainda há muito caminho a percorrer. As pequenas coisas têm de ser o centro da minha atenção porque é da soma delas que resulta uma vida feliz.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub